quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Algumas orquídeas da Ilha da Marambaia - RJ (parte 1 de 2)

Recentemente tive a oportunidade de ir fazer um treinamento na Ilha da Marambaia, município de Mangaratiba/RJ.
Como todo orquidófilo e orquidólogo dei um jeito de olhar para cima em busca de algo. Seguem algumas considerações sobre o lugar e algumas imagens que consegui registrar apesar do treinamento bastante intenso não deixar muito tempo livre.


Na ilha encontra-se o CADIM (Centro de Adestramento da Ilha da Marambaia, Marinha do Brasil) no qual uma das finalidade é formar Marinheiros-Recrutas para servir às Forças Armadas.
Outrora nas idas do século XVIII a Ilha serviu de entreposto de escravos recém chegados da África.
Marambaia no tupi-guarani significa cerco de mar, e a ilha apesar da denominação tem uma estreita ligação com o continente, no caso a famosa Restinga da Marambaia, mas seu acesso se dá principalmente pelo mar, e a área de restinga é restrita às manobras da Marinha.
Lá também, por uma semana do ano os novos pesquisadores brasileiros que participarão do PROANTAR (Programa Antártico Brasileiro), atividade no Continente Antártico fazem o TPA (Treinamento Pré-Antártico) cuja finalidade é fornecer algum treinamento básico à sobrevivência durante as pesquisas científicas no continente mais remoto do planeta.

Falando da geologia da Ilha, ora encontramos granitos e ora encontramos aflorados gnaisses,
este último possível resultado do metamorfismo do primeiro. A predominância dessas rochas é nítida quando observamos a tendência de formas dos afloramentos rochosos e morros da região, arredondados, como poderão ver na imagem copiada do Google Earth com destaque para o Pico da Marambaia, ponto culminante da Ilha, com cerca de 640 m de altitude. Os relevos desenvolvido sobre essa matriz de granito e gnaisse tendem a formas mais arredondadas.




































































































4 comentários:

Anônimo disse...

Olá Marcus
Estou conhecendo seu blog hoje e fiquei simplesmente encantada! É exatamente o que eu estava procurando: linguagem simples, direta, ensinando pessoas. como eu, que querem conhecer e se aprofundar no mundo das Orquídeas.
Aqui em minha cidade - São Thomé das Letras, estamos montando um grupo de "orquidoidos" que tem o objetivo maior, salvar as espécies nativas que estão sendo engolidas pelos rejeitos das pedreiras. Temos aqui na nossa região um número muito grande de, principalmente, micro orquídeas, muitas delas ainda não catalogadas. Tenho certeza que este seu blog, com as informações que já foi passada, nos ajudará bastante na nosso intuito de resgatar estas espécimes que estão sendo dizimadas de nossa região.
Meu e-mail é estela.pacheco@hotmail.com
Um grande abraço e PARABÉNS pelo seu trabalho com as orquídeas.

Alan Rodrigo disse...

Teu blog t show!
Só assim pra entrar em contato contigo!!!! ehehehehee!!
Estou indo para Ferraz no 2º vôo, boa sorte no acampamento!

abraços

Alan R Panosso - TPA 2008

Anônimo disse...

Olá Marcus.

Seu blog é excelente cara!. Parábens pelo trabalho.

Daniel Mello.

Anônimo disse...

Olá Marcus

Seu blog é excelente cara!
Parabéns pelo trabalho.

Daniel Mello